SERPRO apresenta proposta de precificação dos serviços prestados às Lojas Francas

O Município de Guaíra participou ontem (30), de uma videoconferência com diversas autoridades para tratativas a respeito da proposta de precificação dos serviços prestados às lojas francas em cidades gêmeas de fronteira.
 
O encontro online, a ASUTIL apresentou o impacto devido ao alto custo das operações do serviço de consultas eletrônicas realizadas pelo SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados), para controle das lojas francas de fronteira.ÂÂ
 
O custo mensal para os serviços prestados pela SERPRO, sistema a ser utilizado para venda em lojas francas, variaria entre 1,5% a 5% do valor mensal das vendas brutas. Valor muito acima do que era esperado.
 
Durante a videoconferência, a equipe técnica do SERPRO apresentou proposta com a precificação dos serviços prestados às lojas francas instaladas em cidades gêmeas de fronteira. Ao todo, são três novos modelos de negócios para serem estudados e trocados no modelo atual. O presidente da ASUTIL, informou que a proposta será apresentada aos empresários e que nos próximos dias irão comunicar ao SERPRO sobre a decisão tomada ou apresentação de uma contraproposta.
FREE SHOP
Na quarta-feira (29), o Município de Guaíra promoveu uma live abordando diversos questionamentos a respeito das lojas francas, com a presença do Consultor especialista em Lojas Francas, Oscar Mário Bentancur.ÂÂ
ASSESSORIA PMG
Você pode gostar também