Guairenses recebem ordem judicial por furarem quarentena

Ministério público do estado do Paraná, por meio do representante da comarca de Guaíra, ajuizou uma ação civil pública, em desfavor a dois munícipes guairenses, em razão do descumprimento da quarentena, constatada pela Vigilância Sanitária do município.
 
Os pacientes passaram por atendimento médico, entrando como suspeita de serem portadores do Coronavírus, o médico responsável prescreveu quarentena de 14 dias.
 
Um dos descumprimentos foi constatado pela Vigilância Sanitária por meio de uma fiscalização realizada in loco, no qual o paciente não se encontrava em domicílio, e outro por meio de denúncia anônima, também constatando o descumprindo da quarentena. O isolamento social é o único meio de conter a disseminação do vírus, uma vez que ainda não há cura ou tratamento
 
Em razão disso, a justiça local entrou com duas ações com ordem judicial determinando o isolamento dos munícipes, até que sobrevenha ordem em sentido contrário das autoridades sanitárias competentes deste município, quando os pacientes não apresentarem mais risco a saúde pública. A multa diária em caso de descumprimento é no valor de 5 mil reais, a medida pode vir a se tornar mais severa caso o paciente notificado continue não respeitando as medidas impostas.
 
O descumprimento da quarentena e o desrespeito as medidas de prevenção contra o Coronavírus podem acometer toda uma população. Não coloque vidas em risco, a responsabilidade é de todos.
 
Faça a higienização das mãos, saia apenas quando necessário, use máscara, respeite o distanciamento de segurança!
ASSESSORIA PMG
Você pode gostar também