Dólar passa a cair após bater R$ 4,38

Na terça, dólar fechou em alta de 0,55%, a R$ 4,3505. Moeda acumula valorização de 8,5% no ano.

O dólar começou a quinta-feira (13) batendo novas máximas e chegando a R$ 4,38, após quatro quatro recordes consecutivos em relação ao real. Cerca de uma hora após o início dos negócios, no entanto, a moeda mudou de rumo e passou a cair, depois que o Banco Central anunciou que fará um leilão ainda nesta amanhã em que vai oferecer até 20 mil contratos de swap cambial.

Às 10h29, a moeda norte-americana era vendida a R$ 4,3405, em queda de 0,22%. Na máxima do dia até o momento, chegou a R$ 4,3830. Veja mais cotações.

Na véspera, o dólar encerrou o dia vendido a R$ 4,3505, em alta de 0,55%. Na máxima da sessão, chegou a R$ 4,3535, também o maior valor nominal (ou seja, sem considerar a inflação) já alcançado durante as negociações. No mês, o dólar acumula valorização de 1,53% e, no ano, de 8,5%.

Já o dólar turismo, vendido nas casas de câmbio, fechou a R$ 4,54 sem acréscimo do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

G1

Você pode gostar também