Governo e deputados confirmam recursos para 104 municípios

Dinheiro vem do programa Paraná Mais Cidades, parceria entre o Executivo e o Legislativo que vai destinar R$ 351 milhões para o desenvolvimento dos municípios paranaenses.

Mais de cem municípios receberam na segunda-feira (04) a confirmação de liberação de recursos do programa Paraná Mais Cidades. Parceria entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, o programa conta com R$ 351 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e da devolução do exercício orçamentário do Legislativo, e vai beneficiar todos os 399 municípios.

Coordenado pela Casa Civil, o Paraná Mais Cidades tem como foco fomentar o desenvolvimento e oferecer assistência e investimentos aos municípios do Paraná. “O programa foi desenhado junto com os deputados estaduais para fazer com que os recursos cheguem na ponta e atendam áreas como infraestrutura, segurança pública e saúde, que impactam diretamente o cidadão”, explicou o chefe da Casa Civil, Guto Silva.

“Com essa parceria, é possível ter uma análise mais adequada das necessidades dos municípios, que são representados pelos deputados, para potencializar esses investimentos”, acrescentou.

CONVÊNIOS – O apoio aos municípios é formalizado por meio de convênios, por intermédio das secretarias envolvidas e com a indicação de deputados estaduais.

Assim como todos os municípios serão atendidos pelo programa com uma ou mais autorizações, todos os deputados estaduais terão direito a fazer indicações.

As datas das autorizações estão sendo agendadas pela Casa Civil.

EM BOA HORA – Um dos que saíram do Palácio Iguaçu com recursos garantidos foi o prefeito de Verê, Ademilso Rosin. Segundo ele, o dinheiro chega em boa hora. “Vamos comprar uma van para transporte de pacientes, que vai substituir a antiga, que não tem mais condições de uso”, contou. Segundo ele, a transferência de pacientes para a Capital e outros municípios da região vinha sendo feita com o apoio de outras prefeituras.

“O que salva os municípios pequenos são esses recursos vindos do governo, porque o nosso orçamento praticamente só mantém a estrutura que a prefeitura já tem”, disse.

Os municípios de Salto do Itararé e de São Mateus do Sul também vão aproveitar o dinheiro para atender melhor a população que precisa de serviços de saúde.

O prefeito de Salto de Itararé, Paulo Sergio Fragoso da Silva, vai comprar a primeira ambulância UTI do município. Já a prefeitura de São Mateus do Sul vai trocar uma Kombi antiga por uma van nova para transportar com mais conforto os pacientes que têm de se deslocar quase que diariamente para União da Vitória para fazer hemodiálise.

NOVA GUARATUBA – Em Quitandinha, a prioridade é reforçar a segurança. Segundo a prefeita Maria Julia Socek Wojcik, o dinheiro do programa será usado para comprar um veículo para o patrulhamento da área rural. “Temos uma extensão rural de 2,4 mil km, onde moram 16 mil habitantes”, informou.

Enquanto em Guaratuba, município do Litoral com 37 mil habitantes, que vê sua população praticamente quadruplicar na temporada de verão, os recursos vão atender diversas necessidades, como pavimentação, reforma da rodoviária, novas salas para o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e reforço em equipamentos turísticos. “É uma nova Guaratuba que surge com esse dinheiro que o governo mandou para nós”, afirmou o prefeito Roberto Justus.

Assessoria PMG

Você pode gostar também